Otoplastia

Otoplastia

Cirurgia da Orelha

Provavelmente a característica que mais sugere uma cirurgia plástica facial é a “Orelha em Abano”. As crianças, vítimas de apelidos como “Dumbo” ou “Mickey”, são os candidatos mais prováveis para a Otoplastia, ou cirurgia de Orelha em Abano. Esta cirurgia pode ser realizada em qualquer idade, após atingirem seu maior crescimento, geralmente em torno de 5-6 anos de idade. Mesmo se as orelhas são apenas levemente distorcidas, a condição pode levar à baixa auto-estima e até má adaptação à escola. Quando se trata de Otoplastia, a sabedoria convencional é quanto antes melhor, uma vez que as cartilagens estejam prontas. Adultos também podem se beneficiar deste procedimento, melhorando a auto-estima com relativa facilidade.

Além de “fixar para trás” as orelhas, também é possível remodelá-las, reduzi-las, ou torna-las mais simétricas.

Caso você já tenha se perguntado como a cirurgia de orelha de abano, ou Otoplastia, pode melhorar sua aparência, auto-confiança, ou sua saúde, você precisa conhecer como uma Otoplastia é realizada e o que você pode esperar dela.

A Otoplastia não mudará a capacidade auditiva, mas bem sucedida, faz com que a orelha esteja em proporção com o tamanho e a forma do rosto e da cabeça.

Ao considerar uma Otoplastia, os pais devem estar confiantes de que têm os interesses da criança em mente. A atitude positiva em relação à cirurgia é um fator importante em toda Cirurgia Plástica Facial, mas é especialmente crítico quando o paciente é uma criança ou adolescente.

Candidatos adultos para Otoplastia devem compreender que a cartilagem há anos plenamente desenvolvida não fornece a mesma capacidade de moldagem que em crianças.

Uma consulta com um Cirurgião Plástico Facial pode ajudar os pais a decidir o que é melhor para seu filho, não só esteticamente, mas também psicologicamente e fisicamente.

O tempo (ou “Timing”) é sempre uma consideração importante. Realizando o procedimento com pouca idade é mais desejável por dois aspectos: a cartilagem é muito mais flexível e, portanto, permite maior facilidade de remodelação, e em segundo, a criança vai experimentar benefícios psicológicos da melhora estética.

Durante a consulta, o cirurgião examinará a estrutura da orelha e discutirá as possibilidades para corrigir os problemas. Mesmo que apenas uma orelha precise ser presa para trás, a cirurgia provavelmente será recomendada em ambas as orelhas, para atingir uma aparência mais natural e simétrica.

Após a decisão de prosseguir com a Otoplastia, o médico tomará a história médica completa, informará sobre a anestesia, a instalação cirúrgica a ser utilizada, (i.e. hospitais) e os custos para o procedimento.

Em condições normais, a Otoplastia requer aproximadamente duas horas de cirurgia, utilizando-se a combinação de anestesia local e sedativo suave. Pacientes que sofrem de ansiedade ou fobia, mesmo as crianças mais velhas ou adultos, podem se beneficiar da anestesia geral, desde que as condições de saúde o permita.

A cirurgia começa com uma incisão, logo atrás da orelha, ou próximo da prega natural onde a orelha se une à cabeça. O cirurgião removerá então a quantidade necessária de cartilagem e pele para alcançar o efeito desejado. Em alguns casos, o cirurgião cortará a cartilagem, reformulando-a em uma forma mais conveniente e, em seguida, puxar a cartilagem para trás com suturas permanentes para mantê-la nesta posição.Em outros casos, eles nãoretiram nenhuma cartilagem, usando apenas as suturas permanentes no local.

Depois de esculpir a cartilagem da forma desejada, o cirurgião fará suturas de âncora na orelha até à cicatrização para prendê-la na posição desejada.

São aplicados curativos compressivos nas orelhas, que permanecerão por alguns dias.

A maioria dos pacientes sentem algum desconforto leve. Se você está acostumado a dormir de lado, seus padrões de sono podem ser interrompidos por mais ou menos uma semana, porque você não pode colocar alguma pressão sobre as áreas das orelhas. Faixas elásticas (como “faixas de bailarinas”) geralmente são recomendadas para mante-las na posição desejada por várias semanas após a cirurgia.

Os riscos são mínimos. Infecção e coágulos de sangue devem ser observados, mas são raros. Haverá uma cicatriz fina e branca atrás da orelha após a cicatrização, porque ela é colocada na dobra da orelha em seu lado posterior (atrás da orelha), o problema de visibilidade não é importante. Qualquer suspeita ou anormalidade devem ser comunicadas ao cirurgião imediatamente.

Seguros médicos geralmente não cobrem cirurgias puramente estéticas. Cirurgia para corrigir ou melhorar defeitos de nascença ou lesões traumáticas podem ser reembolsada na totalidade ou em parte. É responsabilidade do paciente verificar com sua empresa de seguro médico para obter informações sobre o grau de cobertura.

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s